n Ribeira do Poço do Bezerro (Inferior) -
Canyons > Ribeira do Poço do Bezerro (Inferior)

Presença de Levada que controla o caudal

Ribeira do Poço do Bezerro (Inferior)

Curso de água: Ribeira do Poço do Bezerro  (Machico)


Aberto por António Ferro, Gonçalo Gonçalves em 1996
Reequipado por (Fast Descent) Filipe Ferreira, Tiago Freitas, Filipe Sousa em Maio de 2014

Acesso:

Existem várias formas de chegar ao canyon, descendo desde o ovil do Chão das Feiteiras quer seja pelo troço superior ou pela vereda, iniciando a levada do Furado junto à Portela ou junto ao Ribeiro Frio.

A forma mais rápida é entrar na levada no Ribeiro Frio #1 e percorrer cerca de 45 minutos até encontrar uma ponte que passa sobre a linha de água, início do canyon.

Saída:

Depois de R24, uma pequena marcha leva-nos até a convergência com o Ribeiro Frio. Cerca de 100 metros depois tem início a levada do Castelejo e a vereda do Lombo Grande.

No final do canyon poderá subir a vereda pela esquerda 40 minutos até #3 ou percorrer a levada do Castelejo em direção ao Porto da Cruz 60 minutos até #2.

Observações:

  • Em R3 é possível destrepar, em caso de muita água utilizar uma árvore recuada.
  • Entre R9 e R10 existem marcas de antigas veredas (saída de emergência a ser estudada).
  • Depois de R22 existem vários destrepes em blocos, para aceder a R23 foi necessário passar por um buraco (atenção à transformação do leito).
Aproximação:45min
Percurso:5h
Regresso:50min
Altitude início:840m
Altitude fim:320m
Extensão:2000m
Rapéis:24
Cascata mais alta:53m
Corda mínima (x2):55m
Dificuldade vertical:4 - Algo difícil
Dificuldade aquática:  3 - Moderado
Dificuldade saída:III - Moderado
Ligação carro:31km

Coordenadas:


Croqui:

croqui ribeira do poco do bezerro inferior

Não se iniba em deixar um comentário sobre a sua descida. Mantenha a comunidade informada e em segurança!

Feel free to leave a comment on your descent. Keep the community informed and safe!

9 Comentários

  1. Madeline 22 Outubro, 2023

    Descended on 20 October 2023. Wow, what a special canyon! It is one of the best I’ve done on Madeira — I am surprised it is not run more often, as it certainly deserves to be. The canyon has beautiful grottos, sculpted red rocks, and a gorgeous natural infinity pool peering over the edge of a 53m drop. Just incredible.

    We did not know before we descended that the canyon has some very fun waterpark features. There are fantastic jumps and a monster slide! We had a great time finding them. Here are a few we did that were not marked on the topo:

    R2 – S 5m from ledges above the pool on canyon right
    R4 – S 8m from canyon left or 3m rappel to midway ledge, then S 5m
    R6 – 12m rappel to T 12m. So fun!!! Then climb the slabs on canyon left above the pool for a bonus S 12m 🙂
    R11 – 24m rappel to ledge, then S 6m
    R12 – S 5m from ledge on canyon left

    We tightened the bolts on R13, R14 and R23 with a wrench. Approach to R15 and R23 requires solid footwork, but are okay. All anchors are in good condition.

    We will definitely be back for this canyon 🙂

  2. Rui Lages 22 Outubro, 2023

    Descido dia 22/10/2023
    Grupo de amigos guias ICA do continente (Gerês)
    (R.Lages, I.Alves, Vareta, P.Ochoa, C.Lobo, J.Salgado, P.Cavaleiro)

    Várias árvores caídas na levada do furado que dá acesso ao início do canyon.
    Caudal baixo mesmo após a tempestade.
    Todas as ancoragens se encontravam em condições à exceção do R7 em que o maillon foi substituído.
    Levada do Castelejo de saída do canyon com várias árvores caídas e várias quebradas.

    PS: Ter atenção pois será necessário futuramente colocar uma ancoragem para efetuar uma aproximação em segurança ao R15.

  3. Gil Nunes 2 Maio, 2022

    Canyon descido a 02/05/2022. Caudal tranquilo e amarrações todas ok, embora a última merecesse alguma manutenção.
    No R18 a recuperação pode ser manhosa. Um desvio ou ponto intermédio já ajudava.
    Percurso com lagoas e paisagens lindíssimas.
    Sem dúvida um canyon a repetir.

  4. Peter silva 28 Abril, 2020

    Canyoming caudal fraco. Algumas amaracoes foram substituídas nomeadamente a r15. R19. A r29 foi substituído também a amarração,mas a chapa e bolt de backup superior encontra se danificado devido a uma pedra,tem que voltar a ser furado. Em relação à r21 foi encontrada por baixo de algumas pedras devido a uma grande derrocada que ocorreu. Foi apertada e foi utilizada para descer. A fita que foi colocada pela equipe anterior foi removida porque apresentava se danificada. Sugeria mudar de sítio a r21 porque se encontra numa zona instável por queda de pedras ao descer em rapel. Canyoming muito estético a nivel de beleza natural cada rapel possuia uma dinâmica muito diferente. Ao longo do percurso a transformação do canyoing desde vegetação endêmica,a beleza da rocha,e a componente lúdica tornam este canyoing num dos melhores que se pode fazer na ilha recomendo vivamente. Canyoming em dias de chuva ou após,poderá se tornar um verdadeiro desafio.

  5. Descido a 17/09/2019.
    Grande derrocada na R21, desapareceu a R21 e R22, passagem algo complicada pois a derroca foi bem recente e aparentemente as pedras ainda não se encontram bem assentes no leito da ribeira. Utilizamos uma cinta e descer na zona da R21 e o resto no meio da derrocada.
    Todas as restantes amarrações estão em bom estado.
    O melhor canyon que já fiz ate a data.

  6. Descido a 13/01/2017, caudal fraco, material em bom estado.
    R13 necessita de novo aperto.
    Corda substituida numa amarração.

  7. Descido a 26-9-2015 o caudal estava normal…
    Equipamento ok em R13 53m as porcas estao largas foi apertado com ajuda de um mailon mas precisa de mais um aperto …

  8. Descido a 17-09-2015.
    Caudal nornal, corria durante todo o percurso.
    Todas as amarrações estavam em bom estado.

  9. Já algum tempo que estava para descer este canyon e de facto superou as expectativas. É um canyon muito bonito e lúdico, vale a pena ir lá, nem parece que estamos na Madeira 🙂

    OBS: Descida realizada a 12-12-2014 Croqui e informação atualizada.
    Retificação principal quanto à corda mínima, passa de 50 para 55m sendo o maior rapel de 53m.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*